Problemas urbanos: Como acontecem, consequências e como resolvê-los 

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por gabriel
em julho 12, 2022

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

Problemas urbanos: Como acontecem, consequências e como resolvê-los 

Sabemos que as cidades grandes ainda possuem diversos problemas urbanos e, mesmo que as pessoas tenham consciência disso, não é uma situação tão simples de resolver, sendo preciso bastante esforço em conjunto para que todos se beneficiem.

Mas a verdade é que o crescimento dos grandes centros urbanos e a chegada de cada vez mais pessoas faz com que tais problemas se destaquem cada vez mais e acabem atingindo boa parte da população de uma forma ou de outra.

Com isso em mente, o texto de hoje irá abordar os problemas urbanos e como eles impactam a vida dos cidadãos, explorando as características de cada um e mostrando algumas alternativas para solucioná-los de forma mais eficiente.

Seja com coleta de solo para análise ou através de aparelhos de medição corretos, é bastante visível que os grandes centros urbanos estejam com muitos problemas e que podem parecer insolucionáveis pela quantidade de tempo que eles prejudicam o cidadão.

E quando falamos de problemas urbanos, consequentemente eles também são os ambientais, que acabam atingindo as cidades, se misturando com eventos que já acontecem normalmente nos centros, criando uma grande massa de situações complicadas.

Outro detalhe é que tais complicações afetam desde serviços de acompanhamento tecnico de segurança do trabalho até mesmo o cidadão mais comum. Portanto, é possível concluir que medidas precisam ser tomadas para não atrasar ações, demandas, trabalhos e a vida dos que moram na cidade.

Para facilitar o entendimento, compreendemos como problemas urbanos aqueles gerados pelo crescimento da cidade sem a devida organização ou estrutura, junto com uma má administração pública que gerou a situação no qual elas se encontram nos dias de hoje.

Dessa forma, o desconforto e baixa qualidade de vida dos cidadãos é prejudicada e mesmo aqueles que só querem trabalhar e vender seu detector de fumaça acabam sendo impactados, pois os problemas urbanos estão diretamente ligados aos ambientais.

Boa parte da causa desses problemas é proveniente da Revolução Industrial, que foi uma das principais, se não a principal, causadora da urbanização no mundo todo e, mesmo sabendo que era algo que iria acontecer cedo ou tarde, poderia ter sucedido de maneira diferente.

Sendo assim, para entendermos mais a fundo sobre a origem dos problemas, assim como os que mais afetam as cidades e suas soluções, confira o tópico a seguir, onde iremos melhor explorar o assunto e o que você pode fazer, mesmo que siga sua vida normalmente trabalhando com centros de usinagem.

Entendendo os problemas urbanos

Como dito rapidamente no final do tópico anterior, a Revolução Industrial é a origem dos problemas urbanos como conhecemos hoje, principalmente por causa das consequências que vieram com ela ao longo do período em que ela aconteceu.

O êxodo rural é uma das consequências, fazendo com que as pessoas tivessem que vir para as cidades para ficarem mais próximas das fábricas e construírem as suas casas por ali, onde tecnicamente não foi planejado para ter casas.

Claro que, nos dias de hoje, quando olhamos para uma empresa de caldeiraria, dificilmente esse pensamento vem à nossa mente, mas é preciso compreendê-lo para entender a origem e como tais problemas foram se agravando com o passar dos anos.

Com isso, podemos dizer que são afetados por problemas urbanos:

  • Trabalhadores da cidade;
  • Cidadãos comuns;
  • Comerciantes que estão de passagem pela cidade;
  • Qualquer cidadão com carro;
  • Crianças e pessoas mais frágeis.

Ou seja, de uma forma ou de outra, os problemas que vamos explorar um pouco nos tópicos a seguir acabam afetando todos, alguns menos, outros mais, mas todos são impactados, mostrando que mesmo serviços de imagens aéreas com drone não saem ilesos dessa.

Sendo assim, confira logo abaixo os principais problemas urbanos e como eles são extremamente prejudiciais a todos que moram na cidade.

01 – Poluição

Quando pensamos em grandes centros urbanos, a poluição precisa vir no plural pelo grande número de variações e grande quantidade contida nas cidades. A poluição vai muito além daquela que contamina o ar, que é a que mais associamos normalmente.

Em qualquer cidade com muita gente nos dias de hoje, é comum encontrar também poluição visual e poluição sonora originadas dos mais variados automóveis, indústrias, pessoas e atividades que acontecem ou estão acontecendo.

Portanto, assim como é essencial a manutenção de motores elétricos sempre que possível, investir em qualidade do ar é extremamente necessário para melhorar a qualidade de vida das pessoas que moram na cidade e, conforme essa ação for progredindo, expandir para os outros tipos de poluição.

02 – Trânsito

Pode parecer que não, mas a superocupação das grandes cidades faz com que muitas pessoas que tenham condições de comprar carros acabem se locomovendo por ela apenas com os automóveis, gerando um tráfego extremamente alto e um trânsito ainda maior.

Isso significa que as pessoas demoram mais para chegar onde precisa, gerando estresse e muitas vezes acidentes. Isso sem mencionar a poluição no ar gerada pelos automóveis que, aos poucos, vão prejudicando o ar e consequentemente a atmosfera do planeta.

Pode parecer que é pouco, mas pense em quantas grandes cidades existem ao redor do mundo e quanta poluição e trânsito é gerado por causa desse simples fato que acabamos de mencionar. É realmente algo que precisa ser reavaliado e reestruturado.

03 – Violência

Infelizmente, desde um cidadão comum até o dono de uma empresa de piso de grade, todos estão sujeitos à violência. Assaltos, brigas de trânsito, homicídios, sequestros e diversas outras variáveis parecem ter se tornado comuns em médias e grandes cidades.

Isso se deve a grande desigualdade social que existe não só em nossa cidade, mas no país como um todo, fazendo com que todos os cidadãos que tentam levar sua vida de forma pacífica sejam reféns mesmo dentro de suas próprias casas.

Sem sombra de dúvidas, outro problema urbano que necessita de muito planejamento e cuidado ao longo de muitos anos para diminuir o impacto na sociedade e torná-las um lugar mais seguro para as pessoas que nela vivem.

04 – Ocupação de áreas irregulares

Por causa da falta de casas e locais para que as pessoas com condições mais difíceis consigam morar, elas acabam se acolhendo na margem da sociedade, indo para locais de difícil acesso e totalmente irregulares, colocando a sua segurança em risco.

Portanto, é comum ver diversos “barracos” sendo criados próximos a rios e a morros. Outras pessoas seguem o mesmo caminho e vão se amontoando nessas áreas, aumentando a favelização e tais áreas.

Lembrando que essa falta de opção aumenta o risco de vida das pessoas, pois em épocas de chuva, os rios podem subir e causar enchentes e até mesmo deslizamentos por parte do morro, podendo causar acidentes graves e até fatais.

Também é importante mencionar que muitas dessas áreas nem ao menos possuem saneamento básico, aumentando e muito o índice de doenças no local, sendo extremamente prejudicial para todos aqueles que ali moram.

05 – Ilhas de calor

Por existirem poucas árvores nas cidades e uma grande quantidade de edifícios, isso acaba fazendo com que exista uma menor absorção do calor e, por o ambiente de cidades já ser mais quente por causa do número de pessoas, fábricas e automóveis, as ilhas de calor são criadas.

É um grande problema que necessita de toda uma estruturação para melhorar, afinal o impacto é tamanho que existem áreas da cidade que podem chegar até 5°C mais quentes do que as suas vizinhas, sendo um verdadeiro incômodo.

Considerações finais

Como foi possível perceber ao longo do texto de hoje, os problemas são muitos e não se resolvem da noite para o dia, principalmente porque eles são consequências de anos e anos não apenas de erros, mas de decisões mal tomadas por governantes.

É preciso entender que tais pautas necessitam ser tratadas com urgência, não somente para oferecer melhores condições para as pessoas que estão passando por dificuldades, mas porque se tudo continuar assim, a cidade inteira vai acabar sofrendo as consequências.

Se não for possível erradicar, é preciso políticas de segurança pública para garantir não só apenas a segurança das pessoas que moram na cidade, mas possibilidades de terem uma vida melhor e condições mais favoráveis.

Também é necessário conscientizar a população dos problemas que estamos enfrentando e juntos moldar aos poucos a cultura da cidade, fazendo com que se crie uma certa ideia do que pode ajudar a resolver o problema e o que acaba prejudicando.

Limpeza diárias das ruas, arborização, conscientização de como utilizar áreas públicas como praças e estações de metrô, transportes mais integrados e inteligentes, foco em crescimento sustentável são apenas algumas das ideias que podem ser aplicadas.

Esperamos que o texto de hoje tenha sido esclarecedor. Estude o máximo possível sobre essas possibilidades e conscientize outras pessoas, além de correr atrás dos direitos do cidadão e cobrar os representantes políticos por mudanças.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.