10 dicas para aprender inglês de forma eficiente

Tempo de leitura: 8 min

Escrito por gabriel
em janeiro 24, 2022

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

10 dicas para aprender inglês de forma eficiente

Falar inglês hoje não é mais um diferencial competitivo no mercado de trabalho, é uma necessidade. A importância da língua inglesa para o mundo globalizado é imensa, e não conseguir entender pelo menos o básico pode ser muito prejudicial.

Embora informalmente, o inglês é considerado a principal língua na maior parte do mundo, e é muito comum que diversas pessoas saibam se comunicar usando a língua, ainda que não seja seu idioma nativo, o que gera um interesse grande em um curso de capacitação online.

Por conta disso, aprender inglês pode ajudar em situações diversas mesmo em países onde a língua natural seja outra, principalmente pela facilidade de aprendizado que o inglês consegue proporcionar.

Entretanto, aprender uma nova língua pode ser uma atividade complexa, principalmente depois de uma certa idade. Começar ainda na infância é uma excelente maneira de fixar a língua na memória, mas nem todos podem ter essa vantagem.

Hoje, existe até mesmo um curso de capacitação online, para que os pequenos comecem em casa mesmo a aprender esse novo idioma.

Isso não significa que não é possível aprender o idioma de maneira mais rápida, mas sim que existem alguns elementos importantes para você conseguir criar uma identificação e facilitação com o idioma.

Dessa maneira, você consegue trabalhar ativamente em busca de uma melhoria na conversação e na compreensão do inglês, que é tão essencial para uma série de atividades e elementos como um todo.

Para trabalhar corretamente o aprendizado e possibilitar a utilização da língua de forma mais efetiva, é possível ter atenção para as dez dicas que serão oferecidas neste texto, auxiliando a focar nos estudos com mais facilidade e permitindo que você aproveite um programa para controle financeiro empresarial na língua inglesa.

É preciso ter em mente, entretanto, que cada pessoa tem seu próprio método de aprendizado, e alguns pontos podem ser mais importantes que outros para você conseguir absorver mais adequadamente as aplicações da língua inglesa.

Por isso, adaptar estes elementos a sua realidade é uma maneira excelente de começar a entender suas dificuldades e como saná-las de forma efetiva, garantindo uma estrutura mais adequada para seus recursos.

  1. Estude todos os dias

A consistência é fundamental em qualquer tipo de aprendizado, mas na questão de um idioma isso se faz ainda mais presente. Aprender inglês requer contato constante com a língua, para que você consiga criar uma adaptação adequada em sua mente.

Isso não significa que você deve desprender horas a fio todos os dias para conseguir estudar, principalmente se já possui uma rotina corrida. Entretanto, pelo menos uma hora é interessante que você passe fazendo exercícios e buscando mais informações.

O segredo para uma boa fluência e assimilação de conteúdo é justamente estar o tempo todo em contato com o idioma, criando uma identificação maior com o aluno e fazendo-o entender o que as palavras no outro idioma significam.

Em pouco tempo, você poderá começar a fazer até mesmo tradução técnica para outras pessoas.

  1. Atividades de rotina

Aprender um idioma é ter um contato rotineiro com ele também. O estudo é muito importante, mas a prática só é aplicada quando você consegue inserir o novo idioma em seu dia a dia.

Se estiver aprendendo inglês com mais pessoas, como amigos ou colegas de serviço, é interessante que você combine com estas pessoas um período para tentar falar somente em inglês.

Esse tipo de atividade ajuda a fazer você “pensar em inglês”, auxiliando a fluência e ajudando nas atividades de sua empresa de gestão empresarial.

Entre outras atividades que podem ser realizadas, estão:

  • Jogar jogos;
  • Assistir filmes sem legenda;
  • Usar programas de computador em inglês;
  • Criar um diário na língua inglesa.

Todas estas atividades permitem que você tenha um contato mais dinâmico com a língua, aumentando sua capacidade de comunicação.

  1. Músicas em inglês

As músicas podem ser uma grande ferramenta para identificar melhor o inglês. Isso porque a maioria das canções possui uma pronúncia mais clara, para que o ritmo se mantenha, e dessa forma é mais fácil trabalhar com a língua.

Além disso, músicas costumam ser sinônimo de diversão, algo que é fundamental no processo de aprendizagem. As canções podem ser no estilo favorito do aluno, mas a música pop é notadamente boa para esse tipo de ensinamento.

Diante disso, não basta simplesmente ouvir a música para entender suas qualidades. É preciso ter calma e foco para entender o que a letra está tentando dizer e como trabalhar corretamente com ela para conseguir bons resultados.

  1. Literatura em inglês

Outro hábito extremamente importante para o aprendizado de um idioma é a literatura. Ler ajuda a enriquecer o vocabulário, a gramática e outras ações dentro de um contexto específico. Para facilitar, você pode procurar uma leitura simples.

Livros infantis e histórias em quadrinho são excelentes pontos de partida, uma vez que não há tantas regras gramaticais nesse tipo de atividade, o que ajuda muito a buscar uma compreensão maior de suas habilidades, conseguindo entender até mesmo um manual em inglês de um software para loja.

A internet tem sido uma excelente aliada dentro desse contexto. Isso porque qualquer pessoa tem acesso a diversos materiais na língua de origem. É possível ler portais de grandes jornais, editoras e outros recursos.

  1. Filmes na língua original

Embora a dublagem brasileira seja uma das melhores do mundo, ela não ajuda quando a ideia é agilizar o aprendizado de inglês. Por isso, abandone a ideia de filmes dublados enquanto estiver no processo de compreensão do idioma.

Com o áudio original dos filmes, você tem acesso a forma falada da língua, e consegue acostumar seu cérebro com pronúncia, gírias e maneirismos que são comuns entre os falantes nativos do inglês.

Mesmo seriados, que possuem um tempo menor de exibição, podem ser consumidos dessa maneira, ajudando a entender melhor como a língua é falada de maneira mais natural.

  1. Estimule a conversação

O medo e a vergonha de falar em um novo idioma são um grande problema para o aprendizado. Muitas pessoas têm receio de falar algo errado ou de ter um sotaque muito carregado.

Algumas profissões, entretanto, exigem o uso adequado do idioma, como no caso de um comissario de voo comercial, por exemplo.

Entretanto, é preciso ter em mente que a única maneira de aprender um idioma de verdade é se comunicando através dele. Isso pode ser feito com colegas que estão aprendendo, com pessoas naturais de países de língua inglesa ou até mesmo praticando no espelho.

O ideal é que você tente falar o máximo possível durante o aprendizado, para conseguir acostumar-se a falar em uma nova língua. O sotaque e erros são comuns, e até mesmo esperados de pessoas cujo inglês não é uma língua nativa.

  1. Observe instruções em inglês

Muitos parques, museus e outras atividades de lazer e turismo possuem informações em múltiplas línguas, para atender melhor os visitantes que falam esses idiomas. Procure atentar as instruções quando elas estiverem em inglês.

Nestes locais, é comum que a descrição esteja em português e inglês juntos, o que é uma ótima maneira de praticar a leitura e de aumentar seu vocabulário de língua inglesa.

Outra técnica interessante é procurar compreender termos técnicos, como os utilizados em um software de sistema industrial.

  1. Tecnologia como aliada

A internet trouxe o mundo para uma era de informação. Com ela é possível encontrar os mais variados recursos para agilizar sua capacidade de comunicação. Além de consumir conteúdo em inglês, você pode até mesmo se comunicar.

Existem diversas redes sociais e aplicativos de mensagem que colocam o usuário em contato direto com nativos de países de língua inglesa, o que é ótimo para começar uma comunicação e trocar experiências culturais.

  1. Erre sem medo

O grande mestre da escrita Eça de Queirós disse certa vez: “Uma pessoa só deve falar, com impecável segurança e pureza, a língua da sua terra”. Essa frase deve ser levada em consideração quando você estiver aprendendo um novo idioma.

Isso porque você não precisa atingir a perfeição para conseguir se comunicar em inglês. É preciso tentar se comunicar mesmo com erros e com um forte sotaque, para que consiga cada vez mais tornar natural esse processo.

  1. Cursos de idiomas

Não desdenhe do potencial de um curso intensivo de inglês. Existem algumas escolas que são excelentes em práticas rápidas e que podem realmente ajudar neste processo de aprendizado.

Além disso, algumas escolas oferecem cursos específicos, como leitura ou conversação, o que pode incentivar ainda mais seu conhecimento da língua, uma vez que podem auxiliar em pontos que você tem algum tipo de deficiência para aprender.

Considerações finais

Aprender um novo idioma é sempre um desafio, mas com dedicação e aprendendo maneiras diferenciadas de praticar é possível atingir rapidamente um grau de conhecimento expressivo dentro da língua.

O inglês é cada vez mais obrigatório para todas as pessoas, e por isso é fundamental que você busque resultados o quanto antes para poder se manter competitivo no mercado de trabalho e possa até mesmo aproveitar viagens para o exterior.

Falar um segundo idioma é muito importante na atualidade, e conseguir se comunicar dá um alívio muito maior para a pessoa que deseja conhecer novas culturas e novos ambientes.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.