Álcool e sexo: como as bebidas alcoólicas afetam as ereções

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por admin
em junho 6, 2022

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

<strong>Álcool e sexo: como as bebidas alcoólicas afetam as ereções</strong>

As bebidas alcoólicas elevam o humor, induzem uma sensação de euforia, permitem que você relaxe e aumente o desejo sexual de seu parceiro. Mas vale a pena considerar se você deve comprometer deliberadamente sua saúde por um momento de diversão. É melhor começar a cuidar do seu corpo armado com o conhecimento e os avisos deste artigo. 

O efeito do álcool na ereção: alguns fatos de compatibilidade

Muitos homens que costumam abusar de bebidas fortes estão convencidos de que elas não têm efeito sobre sua saúde, muito menos sobre sua ereção. Beber no começo até ajuda em alguns casos. Elimine o constrangimento, torne as pessoas mais livres.

O sangue corre intensamente para a pequena pélvis, aumentando o desejo sexual, além disso, a relação sexual dura mais. Por causa desses aspectos positivos, os jovens estão começando a pensar que o álcool é bom para você.

O vício se instala, as doses aumentam e a potência diminui. Os cientistas mostraram que os jovens que bebem álcool regularmente podem se tornar impotentes aos 35 anos e, se o corpo não conseguir lidar com isso, isso acontecerá mais cedo.

É uma estatística decepcionante que quanto mais cedo um homem começa a beber, mais cedo ele vai dizer adeus à sua vida sexual. O dano causado pelo álcool à potência masculina está comprovado. Mesmo que alguém conteste esses dados, com base em sua experiência, não acredite. Muito provavelmente, o homem está escondendo seus problemas. Os médicos asseguram que seus pacientes no primeiro e segundo estágios do alcoolismo já experimentaram disfunção erétil.

Sinais:

  1. Para fazer sexo, um homem precisa de uma porção de bebida forte. O corpo se acostuma e exige uma dose maior. O hábito de beber antes da relação sexual torna-se a norma.
  2. O excesso de álcool provoca uma diminuição do desejo sexual. Um homem perde o interesse pelo sexo. Ele culpa sua relutância por fadiga, estresse ou seu parceiro.
  3. O efeito do álcool na potência nos homens está relacionado à ejaculação rápida. No começo ele podia beber e prolongar um pouco o prazer, agora não consegue controlar o processo.
  4. O problema da ejaculação rápida é seguido por uma ereção lenta. Inicialmente, leva mais tempo para ficar excitado, o pênis não pode ser mantido duro por muito tempo e, em seguida, há disfunção completa.

Depois de algum tempo, o parceiro percebe problemas na cama e expressa sua insatisfação. Os homens têm muito medo da derrota sexual, e a bronca pode levar a traumas psicológicos. O consumo regular de bebidas alcoólicas leva a uma diminuição da sensibilidade. Como resultado, simplesmente não é possível desfrutar das sensações.

Razões para beber álcool antes da relação sexual

Há uma percepção entre muitos homens de que beber álcool antes da relação sexual a torna mais brilhante e mais longa. Esta afirmação é baseada nas seguintes propriedades do álcool:

  • suprime sentimentos de medo, sendo especialmente importante antes da primeira relação sexual na vida de um homem;
  • ajuda a lidar com a insegurança;
  • alivia o estresse;
  • combate a depressão;
  • aumenta temporariamente a auto-estima.

O álcool realmente tem um efeito positivo na ereção?

Não, a euforia temporária de beber bebidas alcoólicas passa rapidamente. Se os problemas fisiológicos foram a causa da insegurança, a situação piora e a insegurança aumenta. Uma vez no sistema de um homem, o álcool tem o seguinte efeito:

  • dilata os vasos sanguíneos;
  • induz uma sensação de euforia leve;
  • prolonga a ereção e melhora a excitação.

O efeito positivo dura cerca de meia hora, após o que o corpo reage inversamente ao uso do etanol: a excitação diminui, a sonolência aparece e a potência diminui. 

Como o álcool afeta a potência

O principal ingrediente na maioria das bebidas fortes é o álcool etílico. Tem um efeito negativo na saúde geral dos homens e especialmente na sua vida sexual. Se um homem consome álcool em grandes quantidades por muito tempo, ele desenvolve um estado de intoxicação crônica.

Além de prejudicar o pleno funcionamento de todo o corpo, o álcool tem um efeito extremamente negativo na potência e leva a mudanças na aparência de um homem. Isso acontece pelos seguintes motivos:

  • O álcool é um alimento altamente calórico. Por exemplo, uma garrafa de cerveja contém 225 kcal, uma dose de vodka 115 kcal;
  • A quebra de gorduras, proteínas e carboidratos é interrompida, de modo que a energia armazenada no corpo é armazenada;
  • uma diminuição no sentido de proporção e saciedade. Um homem que bebe consome mais comida e não se sente satisfeito.

O excesso de tecido adiposo acumulado no corpo libera testosterona e leptina, levando à impotência e à frigidez. Os homens que bebem álcool regularmente simplesmente não percebem o quão danosos podem ser os efeitos sobre sua masculinidade.

Mesmo na idade de 35-40 anos, um homem que bebe álcool regularmente torna-se impotente; com um corpo enfraquecido, a impotência pode ocorrer mesmo em 30 anos.

O álcool tem um efeito excitante e em pequenas doses ativa o fluxo sanguíneo para os órgãos pélvicos. Mas com o consumo frequente de álcool a situação muda. Inicialmente, um homem obtém um reflexo condicionado e um copo de álcool antes da relação sexual se tornar a norma.

Com o tempo, a bebida não é suficiente e a dose aumenta gradualmente, mas a potência só piora. O desejo sexual diminui, a libido diminui acentuadamente e o desejo sexual diminui.

Ao mesmo tempo em que a função sexual se deteriora, acelera a ejaculação, que já é o estágio inicial da impotência. Se você não se livrar do hábito de beber, o álcool pode destruir completamente a função sexual de um homem. Com o auxílio um vibrador ou anel peniano é possível aumentar a libido e proporcionar mais prazer.

Declínio gradual da potência no alcoolismo

As bebidas que contêm álcool atuam como psicoestimulantes em pequenas doses. Eles promovem a liberação de testosterona pelas glândulas sexuais. Mas quando se está intoxicado, a concentração de testosterona no sangue começa a diminuir, de modo que a ereção é retardada ou não é forte o suficiente para ter relações sexuais.

O álcool tem um efeito extremamente negativo na potência masculina:

  • O álcool etílico nas bebidas suprime a produção do hormônio masculino testosterona. Como resultado, a atividade sexual é cada vez inferior, a espermatogênese é prejudicada e a qualidade do esperma diminui;
  • A função de desintoxicação do fígado é prejudicada, fazendo com que parte da testosterona seja convertida em hormônios femininos e ocorram processos de feminização no corpo masculino;
  • A sensibilidade do pênis é marcadamente reduzida. Os receptores táteis na glande do pênis tornam-se imunes a estímulos;
  • O álcool causa vasoespasmo periférico, que prejudica a microcirculação de todos os órgãos, inclusive da pelve;
  • O etanol é destrutivo para os túbulos seminais. Eles simplesmente atrofiam e a função reprodutiva cessa.

Na maioria das vezes, os sistemas respiratório e geniturinário são afetados por infecções. A próstata é considerada a mais suscetível a infecções virais e bacterianas, principalmente em homens com mais de 40 anos.

O efeito do vinho na potência

O vinho tem sido creditado por beneficiar o coração e os vasos sanguíneos, aliviando a tensão nervosa e melhorando o apetite. Isto é verdade desde que as doses diárias não excedam 50ml. Em grandes quantidades, o álcool reduz os níveis de testosterona no sangue. 

Para melhorar a ereção, um homem pode beber um copo de vinho tinto durante um encontro romântico com uma dama. Uma bebida terá um efeito benéfico na força masculina, ajudará a superar as barreiras psicológicas e a lidar com os sentimentos de rigidez em ambos os parceiros. 

Quais são os efeitos da cerveja na potência

A potência masculina está diretamente ligada à testosterona, o hormônio sexual. A bebida espumosa contém fitoestrogênios, que inibem a produção normal de testosterona, o principal hormônio masculino. Como resultado, o corpo masculino é dominado pelos hormônios femininos, causando uma série de mudanças.

A cerveja tem um efeito extremamente negativo sobre os adolescentes. Beber grandes quantidades de cerveja é altamente viciante, por isso não é recomendado que crianças pequenas bebam mesmo em pequenas quantidades.

De que, outra forma o álcool prejudica a saúde sexual de uma pessoa

Beber álcool também pode reduzir as inibições de uma pessoa. Mude a capacidade de pensar com clareza. As pessoas se tornam menos exigentes com as pessoas com quem fazem sexo.

Um estudo descobriu que, após beber álcool, um em cada sete jovens entre 16 e 24 anos fez sexo desprotegido e um em cada cinco fez sexo do qual se arrependeu. Um em cada dez não se lembrava se havia feito amor na noite anterior. Lembre-se que álcool e ereção são incompatíveis.

Misturar sexo com álcool ou outras drogas aumenta a probabilidade de gravidez indesejada e exposição a infecções sexualmente transmissíveis. Muitos homens não usam contracepção. Eles esperam poder controlar a ejaculação. A relação sexual termina quando sóbrio não é uma garantia, mas quando você está bêbado multiplica as chances de seu parceiro engravidar.

Além disso, o sexo desprotegido leva a um grande número de doenças sexualmente transmissíveis e gravidez indesejada. Em algumas lojas de sex shop atacado possuem estimulantes sexuais para ajudar a manter as relações.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.