10 passos práticos para começar a investir

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por admin
em outubro 11, 2021

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.
10 passos práticos para começar a investir

Hoje em dia, muita gente deseja investir e ter o seu próprio negócio. Então, um dos primeiros pontos a ser destacado é que não é necessário ter muito dinheiro para esse fim. O tempo é mais importante e pode te ajudar a ganhar mais, desde de que você poupe cedo.

Dessa forma, se você tem dúvidas em relação a esse assunto, este texto vai lhe mostrar dez importantes dicas para quem quer dar o pontapé inicial e começar a investir. Uma dica é apostar na leitura de livros que tenham relação com o tema.

Por exemplo, o livro “Papo de grana: faça o dinheiro trabalhar para você”, escrito por Tito Gusmão, é uma obra ótima para novos investidores, bem como que vale a pena ter como livro de cabeceira para tirar qualquer dúvida.

Inclusive, veja uma lista de livros para saber mais sobre planejamento financeiro:

  • O homem mais rico da Babilônia;
  • O investidor inteligente;
  • Os segredos da mente milionária;
  • Me poupe.

Pois bem, além de apostar em leituras sobre o tema, podemos fornecer também algumas dicas práticas. Pensando nisso, listamos 10 pontos que podem te ajudar nessa missão, confira:

1 – Estude sobre finanças pessoais

Cada um organiza e gasta o seu dinheiro do seu jeito, bem como da forma que preferir. É importante dizer que algumas pessoas sabem controlar os gastos, enquanto outras têm dificuldade em fechar o mês no azul, seja no âmbito pessoal ou profissional.

Com isso em mente, você precisa fazer o seu planejamento financeiro de acordo com a sua realidade e em como lida com seus gastos, por exemplo, veja se você gasta mais com comida ou com um serviço de automação de segurança, além de ver a importância deles.

Ademais, entenda se você gasta mais do que ganha, se está conseguindo fazer o dinheiro render, se é uma pessoa muito consumista, se consegue montar uma reserva de emergência, se as dívidas estão tomando conta de você, entre outros fatores.

A partir de todos os pontos citados, faça uma analise de risco e crie um norte para saber como deve agir e quais são os pontos a melhorar.

2 – Veja quais são as suas metas financeiras

É necessário entender qual é a sua realidade e fazer planos para o futuro. Não há regras rígidas ou fixas, tudo depende do que você quer e de quanto tem para atender às suas necessidades e outras questões.

Assim, fica mais claro saber sobre sua vida financeira, o que quer em um longo prazo e como ter disciplina para realizar suas vontades.

3 – Monte a sua reserva de emergência

Ter uma reserva de emergência é fundamental para ter uma segurança financeira, pois esse dinheiro será usado em situações de necessidade, ou quando, por algum motivo, ocorrer algum prejuízo no mês.

Seja porque gastou mais ou devido a alguma doença. Assim seus gastos básicos não serão comprometidos. Ou até se o portão de garagem quebrou do nada. Com um dinheiro guardado você terá como superar essas dificuldades.

Para facilitar a organização, monte uma reserva com base em seis meses do seu custo de vida fixo. Lembre-se, ela deve ser usada apenas para emergências e momentos que você se encontra bem apertado financeiramente. 

4 – Veja um valor mensal para investir

Para ter um bom patrimônio para o futuro, é necessário poupar uma parte do seu salário. Entretanto, antes disso, veja quanto você quer investir, assim fica mais fácil se organizar e trabalhar para isso.

Ademais, não espere a sobra do mês, estabeleça antes o quanto quer poupar. Se 10%, 20% ou 30%, tudo vai depender do seu sonho e da sua necessidade.

5 – Crie uma conta com uma corretora

Ciente do seu desejo e com o plano financeiro feito, abra uma conta em uma  corretora de investimentos. Dá para começar a investir pelo seu banco, mas essa instituição nem sempre oferece as melhores opções, pois as possibilidades de investimentos são restritas.

Por isso, para quem quer começar a investir é melhor abrir uma conta em uma corretora para que possa aproveitar inúmeras oportunidades que existem no mercado financeiro, bem como para não ficar preso aos bancos.

A corretora de investimentos age como uma ponte entre o investidor e o seu investimento, criando uma espécie de engenharia de avaliações. Ela ajuda que a pessoa consiga  diversos investimentos e possa aplicar o seu dinheiro de forma mais prática e segura.

Naturalmente, as pessoas acham que títulos de capitalização, fundos de investimento com altas taxas, poupança e outras estratégias são positivas.

Mas esses produtos nem sempre ajudam quem atua nesses planos, pois têm inúmeras taxas, o que pode comprometer sua renda no fim das contas. Por isso, não feche os olhos para as corretoras.

6 – Siga com o seu perfil de investidor

A corretora de investimentos, para saber da sua realidade, oferecerá, após você criar sua conta, a aplicação de um suitability. Este é um questionário feito para conhecer o seu perfil de investidor. O intuito é entender o seu estilo, com base nos seus objetivos para o futuro.

Esse perfil vai mostrar o quanto você já entende sobre investimentos, a sua experiência no mercado e, também, sua tolerância ao risco.

O suitability é um passo obrigatório para bancos e corretoras criarem sua primeira aplicação de uma forma assertiva, porém, o melhor é procurar um profissional que vá além dessas questões e entenda qual é o seu momento de vida.

Não dá para agir por impulso e ficar exposto a riscos. Com um consultor do sistema de sugestão de carteiras, é possível ter vários portfólios que levam em conta o objetivo do investimento.

Por exemplo, o dinheiro destinado ao objetivo reserva de emergência precisa estar disponível rapidamente, ser estável e ter alta liquidez. Ou seja, não pode sofrer oscilação. 

Nunca se sabe quando gastos extras surgem certo? 

Então, mesmo os investimentos planejados, como para monitoramento de alarme da sua empresa, precisam ser bem pensados e avaliados.

Por outro lado, se a intenção é se aposentar, esse é um objetivo de longo prazo e não precisa de liquidez. Esse poderá ter um pouco de risco com investimentos com perfil moderado ou arrojado.

7 – Não foque em apenas em um tipo de investimento

É preciso diversificar a sua carteira de investimentos para buscar maior rentabilidade e mais segurança, ou seja, o importante é não ficar focado em só uma estratégia.  

Além de proteger seus investimentos contra riscos específicos dos ativos, a diversificação ajuda a ter um maior retorno ao longo prazo, porque você vai se expor a uma série de classes de ativos, e pode ter o melhor de cada uma delas.

Escolher bons produtos para o planejamento financeiro é fundamental, pois eles trarão rendimentos para a carteira e te ajudarão a chegar no seu objetivo. Seja ele abrir uma empresa de transporte de transformadores ou um outro sonho pessoal.

8 – Não caia no conto das ofertas milagrosas

Geralmente a relação entre o prazo de aplicação e a rentabilidade esperada é bem direta. Assim, os  investimentos de longo prazo geralmente têm retornos mais satisfatórios, já que  os seus gestores podem contar com o recurso por mais tempo. 

Assim, é preciso duvidar daquelas ofertas milagrosas que prometem ganhos muito altos em pouco tempo. Cuidado com as promessas de enriquecimento em um curto espaço de tempo e com pouco esforço. 

Os bons investimentos trazem resultados ao longo prazo. Não queira atropelar o processo. Tenha paciência, pois assim você terá melhores resultados e conquistará seus objetivos, seja colocar um rolo manta filtrante na sua casa ou fazer uma viagem.

9 – Siga o rendimento de sua carteira

Além de investir é preciso acompanhar como anda o rendimento da sua carteira. Como o cenário econômico oscila frequentemente, é preciso revisar de tempos em tempos a sua carteira de investimentos. 

Sabendo como anda o seu negócio, você saberá se suas escolhas estão adequadas ao momento ou, então, se existe a possibilidade de melhora ou alguma oportunidade mais vantajosa.

Caso você tenha definido que 15% do seu portfólio será destinado ao investimento em uma renda variável e ao longo prazo essa porcentagem subiu para 20% com a rentabilidade, pode ser o melhor momento para mudar a estratégia. 

10 – Seja disciplinado

Disciplina é fundamental para quem quer investir, não tem jeito. O tempo é um grande aliado para o investidor, pois se houver a disciplina de investir durante muito tempo, uma maior quantidade de dinheiro será acumulada.

Pensando  nisso, siga sua estratégia de investir mensalmente e, principalmente, gaste com consciência. Não troque o certo pelo duvidoso, e nem o que mais deseja em sua vida pelo o que você quer em um momento específico. 

Você pode até bater o olho em uma bolsa e querer comprá-la, mas pense que sua viagem dos sonhos pode ser comprometida. Não é o caso de ser rígido e não comprar, mas ter uma consciência dos gastos do mês e que não saia adquirindo coisas que depois não terá como pagar.

Tudo pode ser adquirido, mas com planejamento e responsabilidade, e não com impulso, como quem aperta um botão de comando. Estude o mercado, converse com um profissional e faça seu planejamento.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.